Menu Fechar

Efeitos do Campo Magnético no Sistema Circulatório

Após a aplicação um campo magnético e  ingerir agua magnetizada regularmente, o sangue tende a se tornar mais alcalino (menus viscoso), conduzindo mais dinamicamente os nutrientes para as células. A função renal melhora, produzindo reflexos benéficos sobre a pressão arterial, tonificando os vasos sanguíneos e fortalecendo o coração.

Água magnetizada faz com que o sangue se movimente mais facilmente pelas artérias, vasos e capilares, facilitando o trabalho do coração. Ao auxiliar na eliminação do colesterol, triglicerídeos e ácido úrico, torna o sangue mais líquido, melhorando o funcionamento de todo o sistema circulatório. O sangue adquire maior facilidade para levar os nutrientes e oxigénio até as células, removendo o gás carbónico. Como os leucócitos (glóbulos brancos) ajudam a combater infecções, também desenvolvem mais adequadamente seu trabalho de defesa do organismo. A ingestão de Água magnetizada permite então, que inúmeros distúrbios do aparelho circulatório sejam mais eficientemente combatidos, inclusive na prevenção de acidentes cardiovasculares ou enfartes, aumentando os glóbulos brancos, consequentemente ajuda no tratamento da AIDS.

​Com o acúmulo de substâncias tóxicas no sangue – como colesterol e triglicerídeo, o sangue vai ficando mais grosso, isto aumenta a pressão nas veias, diminuindo a circulação de retorno, o coração trabalha mais forçado, e as veias se dilatam, podendo provocar tromboses, tromboflebites, varizes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *